Arquivo

Archive for maio \19\UTC 2012

Seguindo os passos do Senhor

19 de maio de 2012 Deixe um comentário

 

Hoje (19/05/2012), o Diácono Wellington, CDMD, em sua homilia nos disse mais ou menos assim, que: “Meditando a semana Santa, vi que tinham mais pessoas no dia da vigília Pascal do que no dia da adoração da Santa Cruz…”.

No momento fiquei pensando em um fato que ocorreu comigo na mesma semana, dias antes da celebração do Diácono Wellington.

Entrei em um recinto “evangélico” (protestante), e tinha uma plaquinha com um escrito: “Eu sigo os passos do Senhor”. Fiquei parado e pensando o que era seguir os passos do Senhor, será que nossos irmãos protestantes seguem mesmo? Pois evitam a adoração à Santa Cruz. Como podemos pular etapas? Na verdade não se pode pular etapas!

Logo parei de atribuir aquilo aos irmãos protestantes e comecei a analisar isso para minha vida, pois não posso atribuir esses momentos a outras pessoas e sim para mim, uma providência que Deus colocou naquele momento em minha vida, para meditar as minhas misérias. Como muitas vezes busco pular etapas, como muitas vezes busco desviar do caminho do calvário e evitar as dores, a vergonha e a humilhação. Não é fácil, mas é necessário realmente seguir os passos do Senhor, aceitar todas as vontades do Pai e me submeter a ela.

Juntando as palavras do Diácono Wellington e o ocorrido comigo na mesma semana e no dia da homilia pude fazer uma reflexão, uma reflexão bem lógica e que todos nós sabemos, mas que muitas vezes não vivemos.

O caminho para a ressurreição requer caminhar nos mistérios da salvação, para a salvação é necessário seguir no calvário, carregar a cruz, se derramar na crucificação, e assim, vencermos no dia a dia para vida eterna.

Pois bem, se queremos seguir o Senhor Jesus, não se pode pular etapas do processo salvífico de Jesus, mas sim, ser realmente em vida como Cristo foi e caminhar em uma entrega total, se alimentando com alegria as dores do crucificado, para depois gozar da vida eterna com Cristo, chegando até a morada do Pai.

Na homília o Diácono também comentou uma pregação que ele fez, no qual colocou três atribuições da escolha de Deus por Maria e José para cuidarem de Jesus. Essas três coisas foram a capacidade de amar, a capacidade de servir e a entrega total ao Pai.

É claro, para não se pular as etapas de salvação devemos ser assim como Santa Maria e São José, seguir os passos de Jesus amando assim como Ele amou, servindo assim como Ele serviu e se entregando assim como Ele se entregou na Cruz completando o mistério da salvação.

DCN

Categorias:Artigos religiosos

FELIZ DIA DAS MÃES! Te amo muito mamãe!

11 de maio de 2012 Deixe um comentário

 

Mãe, me perdoa! Me perdoa porque a senhora não é a pessoa mais importante da minha vida. Perdoa-me, porque antes da senhora tenho predileção por outras pessoas.

Perdoa-me porque antes de partilhar minha vida e escutar seus conselhos eu já tinha feito isso antes com outras pessoas e eram conselhos bem mais agradáveis que os vossos.

Perdoa-me porque antes mesmo de olhar para ti, olho antes para estas pessoas, não que a senhora não me fortaleça, sinto grande fortaleza vinda do seu coração, mas as outras pessoas me fortalecem mais.

Não se preocupe mamãe essas três pessoas são boas, não fique triste, aliás, eu sei que a senhora não ficará triste, foi a senhora mesmo que os me apresentou.

Lembro-me que em toda minha vida me entregaste e me confiaste a essas pessoas, não me culpe, quem me apresentou essas três maravilhosas pessoas foi a senhora e me apresentou com tanto amor que eu não resisti em amá-los mais que a senhora.

Obrigado mamãe a senhora não sabe o quanto fico feliz em ter sido entregue a estas pessoas, no início eram estranhas para mim, mas quando fui me aproximando, fui me envolvendo por um amor tão inexplicável que minhas palavras ao tentar defini-los podem ser medíocres, talvez não conseguiria expressar este amor, não tenho força de esmagar como eles me esmagam, pois fazem isso sem me ferir.

Apresentaste-me essas três pessoas desde que nasci e me ensinaste a amá-los tanto que eles tomaram seu lugar em meu coração, os amei com tanta força, com toda minha alma, com todo meu coração que agora eu os amo como um só, o que era três agora se tornou um, então, estás agora como a segunda pessoa mais amada.

Agora há apenas um a frente da senhora, a senhora é a segunda mais importante. Peço que não se preocupe, porque entre as criaturas viventes estás em primeiro lugar.

Obrigado mamãe, pois o amor predileto da senhora agora é meu amor predileto.

O Pai, o Filho e o Espírito Santo me envolveram como uma casa aconchegante, todos Eles unidos como um, de fato, escondeu-me em Sua grande luz, minha pequenez se perde por esta grande luz. Nem consegues me ver mais, né mamãe?

Sei que a senhora me entende, porque a mesma fonte que te alimentou a vida inteira, agora me alimenta.

Não sei como te agradecer mamãe, mas saiba mãe, todos os dias agradeço a Eles pela sua vida e por Eles terem me dado a ti, obrigado porque me ensinaste a voltar para Eles.

Te amo muito, FELIZ DIA DAS MÃES!

DCN

Categorias:Poemas Tags:
%d blogueiros gostam disto: